Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

RIR É BEM MELHOR!!!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

O ALARME, O TROPEÇO (+o gato) E O CORAÇÕN DA D. LEONOR

O coração P1040758.JPG

O alarme estridente soando na rua acordou-me obrigando-me a levantar da cama, (alarmado, evidentemente) a vestir o que primeiro encontrei que me cobrisse as miudezas (literalmente) sair e, fechando a porta com estrondo saltei o primeiro degrau da escada e lancei-me de dois em dois degraus para chegar rapidamente à rua. Tropecei no sacana do gato que, assustado com o barulho cadenciado da minha pressa (degrau sim, degrau não), se levantou assustado e querendo desviar-se fez-me trocar os degraus (para degrau não, degrau não) lançando-me directamente para o lagedo do patamar mais próximo onde me estatelei, primeiro de cabeça e depois com todo o resto do corpo, precisamente ao lado da janela que naquele patamar morava.

Não me lembro exactamente do que se seguiu mas recordo-me dum silêncio enorme, tanto que até pensei que o mundo tinha emudecido. (ou que eu tivesse ficado surdo). Logo aconteceu a explosão de gás que esventrou uma parte do prédio e (disseram-me depois) me atirou pelos ares (juntamente com a janela) indo eu poisar precisamente no arbusto em forma de coraçõn que enfeitava (embelezava??) o jardim da vivenda de fronte, propriedade da D. Leonor de Azevedo e Aguiar Castelli. É claro que o coraçõn em forma de arbusto ficou pior do que se tivesse sofrido um enfarte do miocárdio. Mas e que culpa tive eu? Se não fosse o som estridente do alarme eu ainda estava a dormir; se não fosse o sacana do gato eu não teria caído nas escadas; e se não fosse o vizinho do 1º piso ter deixado o gás aberto involuntariamente eu nunca teria voado para o coraçõn da D. Leonor (salvo seja). Agora o raio da mulher exige que eu lhe reimplante o coraçõn!

Como se eu percebesse alguma coisa de jardinagem ou da arte da topiaria.

Isto só a mim...

O dia ou a noite? A NOITE!

fim de tarde DSC_0030.JPG

Gosto do final da tarde

quando o dia vai morrendo

num pôr do sol que as núvens tinge

de cores garridas e quentes.

 

Sinto-me acordar para a noite

para as sombras e para os sons

que mancham a noite de segredos

escondidos num beco escuro.

 

Tão diferentes são os diurnos

que toda a gente olha e vê

que toda a gente escuta e ouve,

sem recato nem pudor.

 

Gosto da noite!

 

Gosto das noites de lua cheia

que ilumina os caminhos já andados

e também outros mais,

que algum dia serão caminhados.

 

E gosto das noites de lua nova

que escondem na penumbra dum recanto

os beijos apaixonados de muitos namorados.

 

Gosto da noite!

Pink P

Da minha janela vejo um céu azul, vejo telhados de telhas avermelhadas, vejo pombos com penas de vários tons de cinzento e lá para o final do dia vejo um belo pôr do sol que pinta as núvens de diversos tons alaranjados. Mas hoje está decidido, quero ver algo cor de rosa!

TENHO 2 TOMATES

tomateiro P1040727.JPGTenho uma amiga que apregoua (até com música) os limões do limoeiro que no seu quintal dá limões o ano inteiro. Ora eu quintal não tendo para um limoeiro plantar o que vos posso aqui mostrar é este meu par de tomates, vermelhinhos e redondinhos, que num vaso ousei semear!

Também procurei uma música com tomates e o pior/melhor que encontrei foi esta

Outra cançõn descobri com mais aplicaçõns, cantadas pelo Quim B., versando outras intençõns!

REGRESSO a CASA

Enfim de "regresso" a casa.

Não confundir com: por fim de regresso a casa, o que pareceria estar anunciando que o (meu) fim estaria próximo o que, diga-se, (lagarto, lagarto, lagarto), nada o indicia e nem faz parte dos meus planos quer a curto, quer a médio, quer mesmo a longo prazo (ainda que nisto dos prazos nada seja garantido).

Todavia e vendo bem a coisa não haverá diferença entre uma e outra expressões; decerto que ela somente existe na minha imaginaçõn

Mas o que é certo é que regressei a casa, à real, e com vontade de voltar à virtual, apesar da preguicite que carrego. Até amanhã, talvez!

CONTRA LUZ

céu DSC_0027.JPG

Na beleza dum contraste

da luz que nos é roubada

num claro escuro momentâneo

são as formas meio difusas

que nos prendem o olhar

e nos levam a imaginar

quão brilhantes são as cores

para lá da luz encoberta

por formas as mais diversas

numa fotografia indiscreta.

F de...

Nas duas últimas semanas o meu mundo encolheu de repente, sem aviso. Nestas duas últimas semanas dois dos meus amigos (aqueles amigos de bairro que nos acompanham desde à séculos), finaram-se!

Foi o virus19? Não, foi o coração de cada um deles com mais de 70 anos.

letra f P1040897.JPG

O meu mundo encolheu de dois amigos que deixaram vazios dois lugares na mesa do café. Deixaram dois lugares vazios nas diferentes opiniões que (à vez) tinhamos, (políticas, futebolisticas e outras mais) e que sempre nos divertia mais do que nos chateava. Nestas duas últimas semanas, nós os que cá ficamos morremos duas vezes, porque quando morrem os amigos também nós morremos um pouco.

Num velório recordámos a vida de um na presença de outro que poucos dias depois esteve na mesma situação. Só me ocorre dizer: F...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D