Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RIR É BEM MELHOR!!!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

O PAI NATAL E A PÁSCOA

 Num domingo de Páscoa foi uma enorme surpresa para todos. De início ainda pensaram: o gajo enganou-se nas datas e pensa que está no Carnaval.E vá de rirem e debitarem piadas e bocas foleiras ao pobre do velho.Mas depois, olhando com mais atenção confirmaram que de facto o velhote era mesmo o gajo: era o PAI NATAL!

Lá andava ele rua acima, rua abaixo, arrastando o saco vermelho com as prendas ao mesmo tempo que ia lendo os post-its onde estavam anotados os pedidos das crianças, enquanto as renas o seguiam ordeiramente, rebocando o trenó onde a Mãe Natal vinha sentada.
Ao passar junto da porta do café perguntaram-lhe:
-Oh Pai Natal, então hoje por cá? O que aconteceu?
-Oh, Oh, Oh, pois então não tenho que distribuir as prendas?
-Na Páscoa?
-Oh, Oh, Oh, na Páscoa? Não! Estamos no Natal, ora essa!
-Qual Natal, qual quê, Pai Natal. Hoje é domingo de Páscoa! Olha ali os coelhos, os ovos, os folares…
Primeiro desconfiado, depois surpreso e finalmente chateado, exclamou:
-Oh porra! Mas que grande chatice!
-ESTÁS A VER, Ó TEIMOSO!, gritou a Mãe Natal de cima do trenó!, Eu bem te disse que ainda era cedo mas tu com a mania de : eu é que sei…
 E depois para quem os ouvia: -Sabem, ele já tem Alzheimer e então já confunde as datas e as festividades. E além disso é mais teimoso que uma parelha de burros…
O Pai Natal olhava ora um, ora outra, completamente alheado depois de ouvir o grito da Mãe Natal.
-Pois é isso mesmo, Pai Natal. Ainda faltam muitos meses para o Natal. Mas já agora não se vá embora sem beber qualquer coisa. O que é que vai ser?
Mais animadito lá se convenceu, aceitando a oferta:
-Bem, para mim pode ser “panachê”; para as renas dois fardos de palha chegam!
-E para mim, pode ser uma sandes de presunto e uma super bock. Têm torresmos…?
Já findava a noite quando o Pai Natal e a Mãe Natal, amparando-se mutuamente e arrastando o saco das prendas para o trenó, iniciaram a viagem de regresso a casa…

20 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D