Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

RIR É BEM MELHOR!!!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

De súbito notícias sobre animais: dos racionais com atitudes irracionais, e

irracionais propriamente ditos.

E tudo o que são blog's vá de opinarem sobre os casos que mais lhes chama a atenção e/ou lhes toca o coração.

Sobre a Barbie e o Manelito, peço dispensa; não quero dizer mais do que uma simples pergunta: e as crianças? Já terão eles pensado nas crianças? E o Eles não se refere somente ao casal; é também para os jornalistas que acham poder dizer e escrever tudo o que imaginam, além das imbecilidades que o casal profere publicamente.

Vender revistas e jornais não pode ser tudo!

Do que quero mesmo "falar" é do limite de animais por apartamento:

dois cães ou quatro gatos? E piriquitos? Patos e galinhas contam?

Não importa o tamanho dos apartamentos? Nem o tamanho dos cães? E as Zebras? Se eu tiver uma zebra quantos cães posso ter? Se tiver um leão não deve haver problema pois o gajo comia os cães, os gatos, a zebra e o canário.

O trágico de tudo isto é o tempo que se perde e a cortina de fumo que se faz, deixando que a discussão do OE seja envolta numa penumbra de onde sairá quando os arautos da governação e seus apoiantes culparem o TC pelas suas próprias incapacidades e "alucinações" governativas.

ilustração copiada de: http://produto.mercadolivre.com.br (fantoches)

"ESCUTAS" & "ESPIONAGENS"

Esta coisa de querermos saber o que os outros sabem sem que eles saibam que nós sabemos o que eles sabem, é uma coisa do caraças!

E tem originado pesquisas das mais diversas para o desenvolvimento das escutas, sejam elas telefónicas, sejam utilizando dos mais sofisticados modelos de microfones direccionais.

E cada vez mais as escutas são notícia -a nível governamental- quer entre países "amigos", quer entre os outros. E nada garante que as escutas não sejam recíprocas, porque nisto não há ingénuos!

Até o Presidente Aníbal (consta que) foi escutado, o que é assombroso que alguém se tenha lembrado de o escutar, atendendo que nada do que ele possa dizer é novidade, ou verdadeiramente interessante.

Que se dêem ao trabalho de escutar o que ele tenha para dizer é que é mesmo uma novidade!

Todavia neste mundo nem as acções espiatórias são iguais para todos.

E digo isto com conhecimento de causa já que percebi andar a ser espiado por um pombo que com todo o descaramento me anda a espreitar o galinheiro.

O mínimo que se pode dizer é: cada um tem o espião que merece!

MIMOS & MARMELOS!

Isto de uma pessoa estar doente é desagradável. E pior quando um gajo (eu) é sujeito a uma intervenção cirurgica para a qual, não estando prevista, não está preparado (se é que estar preparado para isso poderá de algum modo ajudar a minorar as dores e o incómodo das 48 horas seguintes). Mas como o pior já lá vai, espero eu, dão-se início aos "mimos" que as visitas trazem, sendo que elas mesmas o são. Exemplo disso chegou-me com a minha prima Gui que vinda do Algarve me presenteou com uns belos marmelos.

Não será despropositado exibi-los e posso garantir que são:

macios, riginhos, doces e redondinhos, os marmelos da prima Gui!

SETEMBROS

 

Setembro é um mês cuja importância na minha vida tem sido assinalável, e nem sempre pelas melhores razões; todavia também coisas agradáveis me têm acontecido nos meses de Setembro pois como é uso dizer-se: “o diabo não está sempre atrás da porta”.

Setembro tem que continuar a ser o mês das vindimas, da apanha de frutos num pomar, mas também o mês da recordação dos primeiros beijos quando aproveitando os últimos dias dum sol menos quente mas nem por isso menos interessante, nos deixámos ficar na praia até ao escurecer. Nós e as gaivotas…

Porém o Setembro deste ano, que me “obrigou” a uma cirurgia e depois a vários dias de internamento na cama de um hospital, é para não repetir. Dizem-me (os esculápios) que fiquei como novo apesar de me ter sido extraída uma parte anatómica (interior), que era necessária mas que não é essencial. Certamente que com esta declaração acreditam que eu me sentiria melhor e menos preocupado.

Enganaram-se! Ainda fico mais.

Porque a tal parte removida estava com defeito não houve outra solução. Mas, decididamente, não quero repetir a coisa...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D