Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

RIR É BEM MELHOR!!!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

"BORA LÁ" ...

... COMEMORAR + 1 NATAL!!!

Até convidei 1 perú para o jantar. {#emotions_dlg.sarcastic}

Desejo um óptimo Natal para todos os que por aqui têm passado e também para todos os outros, os que ignoram que eu existo!

Afinal, o Natal deve ser para todos, embora se saiba que há sempre uns que são mais todos que outros!

Que não vos faltem prendas de qualidade e (se possível) em quantidade.

Beijos para quem quiser e abraços aos restantes!

HOJE HÁ PALHAÇOS

Estamos quase quase no Natal, a festa da família e anexos!

Nesta semana era suposto andar tudo atarefado com as compras: uns a comprar e os outros (ena tantos) pensando no que gostariam de comprar.

Eu decidi oferecer vinhos: 1 garrafita a quem entendo que devo oferecer alguma coisa. À partida as crianças ficam de fora, mas os respectivos pais, avós e outros, que tratem deles. E do vinho que ofereço sempre algum copito me há-de calhar... Mas não foi isso que aqui vim dizer.

O que me apetece referir são coisas e loisas que fazem rir, ou melhor, me fazem rir; afinal tudo leva a crer que vivo num circo. Um circo onde é forçoso rir até às lágrimas, para não chorar (de raiva) em cada notícia que oiço.

-como se não bastasse ser dito pelo secretário de estado, agora vem o 1º Ministro dizer que o melhor é o pessoal emigrar porque isto aqui já deu o que tinha a dar; especificando »: Professores!

-como se isso ainda não bastasse, e no sentido de reforçar o que disse o 1º, vem o 2º Ministro (?) gabar quem emigrou para Moçambique acrescentado que devemos estar todos orgulhosos pelo trabalho que lá estão a fazer esses emigrantes.

-um deputado afirma estar-se a marimbar para os compromissos assumidos em nome de um país (que é o dele/e o meu).

-o Sr. Jardim (da Madeira) disse que é um fracasso quem insiste em discursos de catástrofe, e que é preciso um discurso no sentido de não mentir às pessoas, dizendo algo positivo para motivar as pessoas.

Se notícias destas não são para rir, são para quê?

ilustração copiada de: pt.fotolia.com

IR ou NÃO IR, é a questão!

Novo planeta habitável a 600 anos-luz da Terra (vídeo)
ilustração copiada do "Jornal Expresso".
Tudo leva a crer que há pessoal verdadeiramente interessado em pirar-se daqui. E não deve ser só deste "Portugal dos Pequeninos". É mesmo da Terra!
Pelas notícias que vão sendo conhecidas, parece que o pessoal quer mesmo emigrar para outro planeta e nem importa que seja longe k'mókarássas; o que verdadeiramente interessa é zarpar deste, que é muito belo e muito azul mas que (seguramente) não é belo nem azul, para todos.
Já em 2010 foi noticiado a descoberta de um tal Gliese581c e também um 581g; depois um "exoplaneta HD85512b (que raio é um exoplaneta?) e últimamente foi notícia o "avistamento" de um tal Kepler22b (a 600 anos-luz da terra).
Não sei se ir será melhor do que ficar; mas pelo sim, pelo não, vou começar a fazer as malas...

PUBLICIDADES ao DOMICILIO

Entre tanta publicidade que me aparece na "caixa do correio" e que nem serve para limpar o... seja o que for, de vez enquando surge uma que me prende a atenção! 

É o caso desta. O erro ortográfico não é nada que me preocupe pois acredito que seja um "erro de engano".

O que me seduz nem são os preços, mas sim a opções.

É verdade que é o valor mais elevado, mas a minha preferência vai para a perna inteira. Tanto mais que são oferecidas as virilhas...


UMA MORTE ANUNCIADA

Que o mundo é feito de mudanças, já cá se sabia; até a canção o afirma.

E também já cá se sabia que nem todas as mudanças são benéficas ainda que haja quem, teimosamente, insista por várias tentativas numa mudança (sempre a mesma). Manias!

Com a morte “das pontes” (que segundo é apregoado penaliza a economia) o pessoal que pode (para os que não podem não há pontes nem viadutos que lhes valham), deixa de ir passar uns dias “fora” e se não me engano isso não ajuda a economia de alguma região, seja em restaurantes, hotéis, e outros!

Por isso não entendo esta fobia de se acabarem com os feriados, independentemente da importância que possam ter, e decidirem “matar as pontes”, tudo em nome de uma “retoma” de um país que andou a ser “tomado” por quantos se sentaram na cadeira do poder.

Bem sei que fazemos parte da Europa, o que não dá lá muita garantia de ser uma coisa boa, mas também acredito que seria pior se não estivéssemos “dentro” da malga.

Mas acho que nem isso justifica que se “mate” este feriado do 1º de Dezembro. Afinal trata-se da comemoração da nossa grande vitória sobre a Espanha! (que resolveu a eliminatória a nosso favor depois de D.Afonso Henriques e de Aljubarrota).

Sinceramente, eu não tenho nada contra eles apesar dos pesares, mas digam lá:

Isto não merece um feriadito?

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D