Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

RIR É BEM MELHOR!!!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

a RUIVA, a VIAGEM e os ODORES

  ilustração de: laurabmartins01.blogs.sapo.pt/

 

Eram quase sete horas da tarde. Saí um pouco mais cedo porque me sentia um indisposto. A feijoada ao almoço parecia que ainda andava às voltas cá dentro. O que mais queria era chegar a casa e recostar-me no sofá. Talvez depois de beber um chá para tentar aliviar esta sensação de enfartado. Meti-me no comboio a que chamam metro, que já estava bastante cheio de gente, e lá segui viagem, de pé, encostado à parede. É sabido que em hora de ponta (salvo seja), o comboio-metro anda sempre super lotado. Por isso não estranhei que fosse entalado contra a parede da carruagem. Até porque bem encostada a mim estava aquela ruiva de olhos azuis e lábios sensuais que já mais de uma vez tinha passado pelo meu campo visual. Sentia-lhe os glúteos a pressionarem-me, e respirava-lhe o perfume daquela cabeleira ruiva que "mergulhava" o meu rosto.
Toda esta situação foi enfraquecendo as minhas faculdades e, apesar de me esforçar ao máximo, não me consegui segurar e…, aconteceu!
Num ápice a ruiva volta-se para mim, olha-me com aqueles olhos que agora pareciam punhais e daqueles lábios sensuais ouvi o seguinte:
-O senhor não tem vergonha? Isso é coisa que se faça?
Dezenas de rostos viraram-se na minha direcção. Senti-lhes, mais do que vi, os olhares reprovadores como que já estivessem sabendo do acontecido.
-Oh minha senhora, disse eu, desculpe mas não foi de propósito. No corpo humano nem sempre é possível controlar as manifestações emocionais ou físicas e…
-Isso não é desculpa. O sr. comportou-se de forma inconveniente.
-Eu sei, mas o que posso eu fazer? De facto está aqui um cheiro que não se pode…! Mas são só gases… É que eu sofro de uma forma aguda de flatulência…
Alguém gritou: o gajo peidou-se!!, dando origem a uma estrondosa gargalhada primeiro e logo depois ao surgimento duma clareira que momentos antes não seria suposto ser possível dada a quantidade de passageiros, todos desejando ficar o mais longe possível de mim!
Saí na primeira paragem e fiz o resto do percurso a pé permitindo a cada passo a libertação de um sonoro flato cujo cheiro me perseguiu até a casa enquanto ia jurando a mim mesmo: não volto a comer feijoadas!

Por 4 €uricos

Segundo o anúncio, por 4€ posso fazer uma refeição para 4 pessoas. Vai daí, fui-me às compras; comprei o que o anúncio mandava, convidei um casal amigo para vir cá a casa jantar e pimba, fechei-me na cozinha para sossegadamente fazer uma refeição. Nem seria preciso ser excepcional; bastava que fosse uma refeição! (Neste parentesis devo mencionar o que a Galinha me disse: não vai sair nada de jeito...). Mesa posta com vinho branco, fresco, e com uns queijinhos e umas fatias de presuntos; e umas piadas grosseiras para o cozinheiro também não faltaram. Mas tudo bem, pensei; quando vos puser à frente o preparado já se irão acabar as piadas!

Puro engano!!!

Por sorte tinha o número de telefone necessário e lá encomendámos umas pizzas que contentaram toda a gente.

UMA ALDEIA SALOIA

Na estrada que vai de Mafra para a Ericeira fica uma localidade de nome Sobreiro. Foi aqui que o oleiro José Franco idealizou e construiu uma aldeia saloia em miniatura, exposta numa "encosta" e onde não faltam os respectivos habitantes que em movimento mostram alguns ofícios. É ainda possível beber vinho da região para acompanhar os pães com chouriço que são servidos ainda quentes, dado o forno ser "ali mesmo ao lado".  Também é possível ver em tamanho real a casa do ferreiro, a olaria etc.

Foi este artista da olaria que eu tive oportunidade de conhecer que morreu esta semana! Sorte nossa que poderemos continuar a ver a obra que deixou. Quando puderem passem por lá.

O PAI NATAL E A PÁSCOA

 Num domingo de Páscoa foi uma enorme surpresa para todos. De início ainda pensaram: o gajo enganou-se nas datas e pensa que está no Carnaval.E vá de rirem e debitarem piadas e bocas foleiras ao pobre do velho.Mas depois, olhando com mais atenção confirmaram que de facto o velhote era mesmo o gajo: era o PAI NATAL!

Lá andava ele rua acima, rua abaixo, arrastando o saco vermelho com as prendas ao mesmo tempo que ia lendo os post-its onde estavam anotados os pedidos das crianças, enquanto as renas o seguiam ordeiramente, rebocando o trenó onde a Mãe Natal vinha sentada.
Ao passar junto da porta do café perguntaram-lhe:
-Oh Pai Natal, então hoje por cá? O que aconteceu?
-Oh, Oh, Oh, pois então não tenho que distribuir as prendas?
-Na Páscoa?
-Oh, Oh, Oh, na Páscoa? Não! Estamos no Natal, ora essa!
-Qual Natal, qual quê, Pai Natal. Hoje é domingo de Páscoa! Olha ali os coelhos, os ovos, os folares…
Primeiro desconfiado, depois surpreso e finalmente chateado, exclamou:
-Oh porra! Mas que grande chatice!
-ESTÁS A VER, Ó TEIMOSO!, gritou a Mãe Natal de cima do trenó!, Eu bem te disse que ainda era cedo mas tu com a mania de : eu é que sei…
 E depois para quem os ouvia: -Sabem, ele já tem Alzheimer e então já confunde as datas e as festividades. E além disso é mais teimoso que uma parelha de burros…
O Pai Natal olhava ora um, ora outra, completamente alheado depois de ouvir o grito da Mãe Natal.
-Pois é isso mesmo, Pai Natal. Ainda faltam muitos meses para o Natal. Mas já agora não se vá embora sem beber qualquer coisa. O que é que vai ser?
Mais animadito lá se convenceu, aceitando a oferta:
-Bem, para mim pode ser “panachê”; para as renas dois fardos de palha chegam!
-E para mim, pode ser uma sandes de presunto e uma super bock. Têm torresmos…?
Já findava a noite quando o Pai Natal e a Mãe Natal, amparando-se mutuamente e arrastando o saco das prendas para o trenó, iniciaram a viagem de regresso a casa…

DIA 10 DE ABRIL

Os laços prometidos.

Eram exactamente 6 horas da manhã quando nasceu a MARIA.

Maria de nome e Kuak porque assim a baptisei!

E porque nasci ontem, "manos" nos tornámos!

Virtuais, pois sim!, e que importa?

Já que amigos desde logo ficámos!

PARABÉNS, PARABÉNS, PARABÉNS!

 

 

HOJE, 9 DE ABRIL

No início da noite já se sabia que era naquela noite. Por isso toca de fazer os últimos preparativos. Avisar o médico, que avisou a parteira (ou vice-versa). Restava aguardar pelo momento decisivo. Eu até nem estava com grande vontade, mas já que tinha que ser naquela noite, pois que fosse; mas também nada de pressas! Acabei por adormecer. Acordei sobressaltado com o barulho do sino duma igreja próxima que anunciava as seis horas da madrugada daquele dia 9 de Abril. Tão sobressaltado fiquei que quando dei por mim já cá estava fora. Tinha, finalmente, nascido!

Eu estava lá e, se bem me lembro, foi mais ou menos assim. Os versos é assim uma espécie de parabéns a mim mesmo.
 
Nasci nas margens dum rio!
Numa noite sem lua,
Com vento,
Com chuva
E com frio.
Nasci nas margens dum rio…
 
Nasci de noite, sem aviso!
Numa noite de temporal,
Com neve,
Com gelo
E granizo.
Nasci de noite, sem aviso…
 
Nasci no alto dum monte!
Entre estevas e giestas.
Nasci nu; nasci com pouco siso.
 
Nasci puro e sem mais vícios!
Entre pernas e sofrimentos.
Nasci… como todos nascem.

Parabéns à Cris que também nesta hora e nesta data decidiu nascer.

EM FÉRIAS :)))

Já no século passado acontecia que eu não trabalhava no dia dos meus anos. Não porque seja um evento importante; meteu-se-me esta na "mona" e pronto! É por esta razão que continuo a proceder da mesma maneira. Este ano com a "agravante" de se incluir na semana da Páscoa o que desde logo despertou em mim a soberana vontade de agendar 4 dias de férias. Ou seja, desde sábado que estou de papo para o ar, ou não seja eu um Kok. Tem sido de tal modo que nem para escrever um comentário aos vossos post's, ou mesmo deixar aqui um simples OLÀ, tenho tido "tempo"!

Amanhã, 5ª feira cá vos espero. (haverá algo para "digerirem")!

O MEU SIGNO

SIGNO: CARNEIRO

ilustração de: www.deviantart.com

Julhos e Agostos são meses muito produtivos no que respeita ao incremento da natalidade dos seres humanos.

Se é devido às noites quentes ou se às mornas madrugadas, isso não sei! A comprová-lo é atentar ao número de carneiros e de alguns touros que nascem entre os fins de Março e inícios de Maio, sendo que a maior colheita é no mês de Abril.

Continuo referindo as pessoas destes dois signos! E já são várias as que por aqui passam, lendo e comentando!

São pessoas teimosas que nem mulas, é verdade; mas são igualmente lindas e belas que nem Deusas / Deuses do Olimpo!

Não o digo por mim, que me assusto de cada vez que me vejo no espelho! Mas eu sou mesmo a excepção que confirma a regra!

Para todos, gente alegre, linda e imaginativa os meus PARABÉNS!!!!

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D