Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RIR É BEM MELHOR!!!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

A MENTE TAL COMO OS PÁRA-QUEDAS FUNCIONAM MELHOR QUANDO ABERTOS!

NA MINHA RUA...

Na minha rua há um cozinheiro; há um mecânico; há um coxo; há um velho careca com dois cães; há um vendedor de tintas; há um trolha e também há duas miúdas, giras, que dormem de dia e trabalham toda a noite!
O guarda-nocturno que fazia os mesmos turnos, muitas vezes ia dormir com elas, sobretudo nos dias chuvosos no Inverno, mas também nos dias ensolarados de Verão.
Já morreu, coitado! As más-línguas dizem…, e isso que importa?
De quem eu gosto mesmo é da filha do trolha, que todos os dias anda de mini-saia a mostrar as pernas até ao umbigo e às vezes até mais acima; e então quando ela se baixa para apanhar as chaves (que deixa cair muitas vezes frente à tasca do xico), ena pá! Aquilo é que é!!!
A filha do cozinheiro é uma chata do caraças; sempre a espreitar-me atrás daqueles óculos tipo borboleta, e sempre transpirosa, a cheirar a fritos e a atirar-me pedras. Quem gosta bué dela é o filho mais velho do coxo, que é gorducho e vesgo; por acaso até nem sei se ele gosta da filha do cozinheiro ou se da filha do trolha; nunca sei para onde ele está olhando…!
Agora a neta do careca dos cães é que eu ainda não sei nada; Cada dia está diferente: umas vezes espampanante com uns grandes penteados e generosos decotes, e outras vezes de jeans, cabelos curtos, t-shirts e ténis de marca.
O vendedor de tintas não tem filhos mas é casado com uma gaja muito boa, (a Amélia) que anda sempre de saltos altos e a abanar a peidola; de tal modo que os velhos da esplanada da tasca do xico até se babam…!
O Xico já pensa cobrar “à baba” pois que de cada vez que a Amélinha passa os velhos babam-se e tremem tanto que nem conseguem segurar nos copos e beberem; entornam tudo e depois não pagam porque não beberam!
O mecânico, casado com a Alzira, é o bacano da rua; sempre pronto a ajudar a quem dele precisa. Aliás, de cada vez que o vendedor de tintas sai de viagem, nunca menos de 5 dias, o mecânico vai logo ajudar a Amélia; às vezes até passa lá o dia inteiro e outras vezes parte da noite; a Amélinha deve ter muita coisa avariada, coitada…
Enquanto isso a Alzirinha vai a casa do coxo e outras vezes é o coxo que vai a casa dela.
Se formos a ver é tudo uma malta porreira, sempre pronta a ajudarem-se e a fazerem companhia uns aos outros.

Quem está pior sou eu, sempre aqui especado e cheio de caca dos pássaros e dos pombos que me escolhem para poiso. Nem o meu cão me ajuda!

PS.: Afinal o careca tem uma neta e um neto: são gémeos…!

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D